Núcleo de Perícia Forense do Vale de Jaguaribe em Russas é inaugurado

23 de Abril de 2018 # # #

O Governo do Estado inaugurou, na última quinta-feira (19), o Núcleo de Perícia Forense do Vale de Jaguaribe, sediado no município de Russas (distante 167 quilômetros de Fortaleza). A obra beneficiará a população dos 15 municípios que compõem a região Jaguaribana. A solenidade contou com as presenças do governador Camilo Santana, do titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, e do Perito Geral do Ceará, Ricardo Macêdo.

O Núcleo de Perícia Forense passa a atender mais de 500 mil habitantes dos municípios de Alto Santo, Ererê, Iracema, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Palhano, Pereiro, Potiretama, Quixeré, Russas, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte. O Núcleo entregue é equipado com mobiliário moderno e funcional, além de equipamentos específicos para a área de atuação da Perícia Forense, a polícia científica do Ceará. Entre obra, aparelhamento e viatura, os investimentos no Núcleo totalizaram o valor de R$ 5.725.414,97 (cinco milhões, setecentos e vinte cinco mil, quatrocentos e quatorze reais e noventa e sete centavos).

“É de fundamental importância essa inauguração, pois este é um dos mais modernos núcleos da Pefoce no Estado. É importante salientar também que essa estrutura, em Russas, atenderá toda a região do Vale do Jaguaribe e seu montante de 15 cidades, com mais de 500 mil pessoas que serão beneficiadas. Aqui funcionará a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), a Coordenadoria de Identificação Humana e Perícias Biométricas (CIHPB) e Coordenadoria de Análise Laboratorial Forense (Calf). Todos os tipos de exames necessários para a apuração de um crime serão realizados nesse novo espaço, trazendo aqui para a região, um investimento que proporcionará o fortalecimento no trabalho policial”, destacou o perito geral Ricardo Macedo.

Os serviços periciais, que antes funcionavam em um hospital do município ou eram encaminhados para cidades próximas ou até mesmo para Fortaleza, serão centralizados no prédio. Lá, passam a funcionar os Núcleos de Biologia e Bioquímica, Toxicologia e DNA Forense, ligados a Coordenadoria de Análises Laboratoriais Forense (Calf). Nesses locais, será possível desenvolver serviços como pesquisa de sangue e sêmen em amostra biológica e em manchas ou objetos; determinação qualitativa de B-HCG; identificação de drogas, comprimidos; pesquisa de drogas na urina; além da coleta de padrão para confronto de exame de DNA em casos específicos.

A Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) realizará exames de lesão corporal de diversos tipos, de constatação de crimes sexuais, de embriaguez, cautelares, além de necrópsias de corpos de vítimas de morte violenta. Em relação à Coordenadoria de Perícia Criminal (Copec), essa atuará com maior agilidade na realização de exames de locais de crimes contra a vida (homicídio, suicídio, achado de cadáver), ocorrências de trânsito que resultaram em óbito. Também atuará na identificação veicular e por solicitação de autoridade judiciária ou policial, como por exemplo, casos de dano, arrombamentos, entre outros.

Já a Coordenadoria de Identificação Humana e Perícias Biométricas (CIHPB) atuará com os Núcleos de Identificação Civil, com emissão de carteira de identidade em 1° e 2° via; e Criminal, com a emissão de antecedentes criminais; e o Laboratório de identificação necropapiloscopica, que consiste na identificação do cadáver através das impressões digitais.

Ao todo, 55 servidores – auxiliares de perícia, peritos legistas e criminais, médicos legistas – e funcionários terceirizados passam a trabalhar no prédio. O atendimento realizado no Núcleo Regional tende a proporcionar maior celeridade nos trabalhos realizados pela Pefoce.

 

Fotos: Tiago Stille/ Governo do Estado do Ceará